Quinta-feira, Maio 9, 2024
InícioSAÚDEEscassez de recursos humanos pode levar os técnicos em enfermagem da SES...

Escassez de recursos humanos pode levar os técnicos em enfermagem da SES a paralisação

Categoria doente, cansada e completamente desmotivada. Essa é a realidade enfrentada pelos técnicos em enfermagem que atendem diariamente a população que depende da saúde pública do Distrito Federal.

Por este motivo e com o intuito de solucionar o problema, o Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem (Sindate) vem por meio deste comunicado alertar que diante da escassez de recursos humanos da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES-DF), e também com o fim do contrato temporário de padioleiros que será em dezembro deste ano, a população que utiliza a saúde pública corre o risco de ficar sem atendimento nas unidades de saúde.

Já faz bastante tempo que o sindicato alerta a SES sobre essa demanda, e toda vez que são questionados a resposta é sempre a mesma: “O edital do concurso vai ser publicado em breve”.

No dia 12 abril, o Sindate recorreu ao MP com o objetivo de receber ajuda para a realização do certame, porém até o momento não obtivemos respostas. Além de prejudicar a população com a demora nos atendimentos, os profissionais ficam sobrecarregados, doentes, aumentando assim a taxa de absenteísmo.

O problema da falta de recursos humanos gera um desgaste nos profissionais, que reflete diretamente na assistência. Desta forma, é necessário que a SES tenha essa visão e coloque mais esforços para prevenir a desassistência.

Além de assumirem suas funções, muitas vezes os técnicos de enfermagem assumem diversas atribuições de outras categorias, como por exemplo: coleta de sangue.

Precisamos dar um basta na sobrecarga, e lutar por melhores condições de trabalho. Por isso, o Sindate cumprindo o seu papel, faz um alerta: se não houver providências por parte da SES, a categoria irá paralisar.

[xyz-ihs snippet=”PD-NAS-REDES”]

VEJA TAMBÉM
- Advertisment -

RECENTES