Quarta-feira, Maio 8, 2024
InícioDestaquesIGESDF padroniza escalas de serviço de UPAs por recomendação do MPDFT

IGESDF padroniza escalas de serviço de UPAs por recomendação do MPDFT

Documento foi expedido pela 2ª Prosus ao Iges-DF e às UPAs em 22 de abril 

O Instituto de Gestão Estratégica do Distrito Federal (Iges-DF) vai padronizar as escalas de serviço dos profissionais das UPAs. A medida foi tomada em cumprimento à recomendação da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde (Prosus), expedida em 22 de abril. O Iges-DF elaborou modelo padrão de escala de serviço mensal que deverá ser utilizada por todos os profissionais de saúde, além de modelo de distribuição diária a ser preenchida no início de cada plantão e exposta na recepção das unidades de saúde.

Os dois modelos de escalas foram encaminhados aos gerentes e coordenadores das unidades de Pronto Atendimento por e-mail e circular. De acordo com a recomendação do Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT), as escalas de serviço terão o número da matrícula, nome, cargo, turno, horário de entrada e saída, horas semanais do profissional e lotação. Além disso, nos casos em que o profissional estiver escalado para fazer a prescrição e acompanhar pacientes, mas depois for enviado para atender nos consultórios, a informação deverá ser registrada na escala de serviço, com a indicação de horário de início e término em cada uma das lotações no mesmo dia.

As Prosus têm como atribuição fiscalizar o funcionamento regular das seções e equipamentos médicos de atendimento aos pacientes beneficiados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), além do efetivo cumprimento da carga horária dos profissionais da área médica. A recomendação foi expedida a partir das reclamações de pacientes que procuraram a UPA do Recanto das Emas e tiveram dificuldades em ser atendidos em razão da falta de médicos.

O promotor de Justiça da 2ª Prosus, Clayton Germano, em referência ao cumprimento da recomendação do MPDFT, ressaltou que “com as escalas padronizadas a população terá mais informações para checar se há médico e outros profissionais da saúde nas UPAs do DF”.

Confira aqui a íntegra da resposta do Iges em cumprimento à recomendação do MPDFT.

VEJA TAMBÉM
- Advertisment -

RECENTES