Sexta-feira, Julho 12, 2024
InícioSAÚDEMaratona temática em auditoria e saúde discute políticas públicas e gestão no...

Maratona temática em auditoria e saúde discute políticas públicas e gestão no SUS

Érika Bragança

Aproximar os auditores das políticas públicas na Saúde foi o tema principal do evento Maratona Temática: Auditoria em Saúde, promovido pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) nos dias 15 e 16 de junho. A Secretaria de Saúde (SES-DF) participou do debate com informações e situações do dia a dia que podem auxiliar os servidores no entendimento da construção das políticas públicas e na gestão do Sistema Único de Saúde (SUS).

Os eixos de discussão estavam ligados à estrutura organizacional do SUS, descentralizações por meio de contratos de gestão e parcerias, além dos desafios atuais no âmbito da saúde pública do Distrito Federal.

Maratona faz parte das ações do Tribunal para capacitar os servidores do órgão em busca de soluções para os principais desafios da área, como o envolvimento de diversos atores na construção das políticas públicas e nas ações de fiscalização relativas ao SUS.

Para a coordenadora da Subsecretaria de Gestão de Pessoas (Sugep) da SES-DF, Mabelle Roque, que representou a secretária Lucilene Florêncio no evento, a parceria é produtiva, pois auxilia os profissionais do TCDF a entenderem como funciona o SUS e sua gestão, nos diversos níveis. “Além de trazer as complexidades dos níveis de atenção, temos muitos desafios a vencer, como os financiamentos, complementariedades de verba e hiatos de carreiras dentro da Saúde. A rotatividade de gestores não vinculados também é complexa para a instituição, resultando em retrabalhos e gastos. Esta capacitação é importante. Toda ajuda é necessária ao processo de orientação e instrução”, afirma.

Na palestra, a profissional ressaltou pontos do planejamento de 2023-2026 e destacou iniciativas como a telemedicina, vacinação, consultório na rua e cirurgias eletivas como cases de sucesso. “A telemedicina já é uma realidade nos hospitais e agora, gradativamente, estará funcionando também nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Hoje, já temos a atuação desse trabalho, que melhora o atendimento tanto na atenção primária quanto secundária”, explica Mabelle.

A diretora da Escola de Contas do TCDF, Ivana Dessen, reafirmou o compromisso do órgão em participar de forma mais próxima dos servidores, atores sociais e gestores das instituições do Distrito Federal. “Essa maratona é a primeira de muitas que queremos realizar. E, como a saúde é um tema sensível, inaugurou o projeto porque queríamos trazer várias perspectivas da formação das políticas públicas e sua gestão. O evento é nacional e engloba todos os Tribunais de Contas”, finaliza Ivana.

Ação do TCDF

O TCDF está visitando as UBSs de várias regiões administrativas para analisar a eficácia da implementação da Política de Atenção Primária à Saúde do DF, regulamentada pela Portaria nº 77/2017. O corpo técnico avalia ainda a infraestrutura e o atendimento prestado aos pacientes da rede básica.

A ação também conta com uma pesquisa que está disponível para o cidadão, podendo ser respondida neste link. Os questionários ficarão disponíveis para preenchimento até o dia 21 de junho. A participação é voluntária, confidencial e ajudará no processo de melhoria do SUS no DF.

VEJA TAMBÉM
- Advertisment -

RECENTES