Sexta-feira, Julho 12, 2024
InícioSAÚDEProsus cobra plano de ação para reestruturação de hospitais públicos

Prosus cobra plano de ação para reestruturação de hospitais públicos

MPDFT tem atuado para sanar falhas estruturais que impedem o atendimento adequado da população

A Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde (Prosus) oficiou a Secretaria de Saúde (SES) na quarta-feira, 26 de outubro, para cobrar a elaboração de um plano de ação com o planejamento de adequações arquitetônicas e soluções para o déficit de profissionais na rede pública de saúde. A requisição já havia sido feita em agosto por meio de recomendação, mas ainda não foi atendida.

A SES chegou a apresentar um relatório com as deficiências estruturais que inviabilizam o funcionamento adequado dos pronto-socorros e enfermarias de clínica médica dos hospitais regionais. O plano de ação servirá para direcionar as correções estruturais necessárias para que os serviços atendam a população de forma efetiva e também para dimensionar o quantitativo de profissionais de saúde, por categoria e por unidade hospitalar, a fim de indicar o respectivo déficit.

No entendimento da Prosus, os problemas que atingem a rede pública de saúde são estruturais e vêm de um processo de degradação de longo prazo. As soluções passam por três eixos: adequação da estrutura predial; reposição da força de trabalho; e regularização dos fluxos para compra de insumos e medicamentos e para manutenção e compra de equipamentos.

Para a promotora de Justiça Hiza Maria Lima, a solução para os problemas estruturais dos serviços de saúde passa pela dotação orçamentária. “As dificuldades enfrentadas pela população no acesso à saúde pública estão ligadas ao orçamento. É necessário que o GDF priorize o financiamento da saúde para obter um resultado mais efetivo”, conclui.

Clique aqui para ler a íntegra da recomendação.

VEJA TAMBÉM
- Advertisment -

RECENTES