Quinta-feira, Maio 9, 2024
InícioBRASILEntidades da PRFs condenam silêncio de Bolsonaro e apontam esforço de contenção...

Entidades da PRFs condenam silêncio de Bolsonaro e apontam esforço de contenção de bloqueios das estradas

Em nota conjunta Federação e Sindicato da PRF esclarece que silêncio de Bolsonaro estimula seguidores à adoção de ações de bloqueios nas estradas brasileiras

Por Kleber Karpov

Por meio de nota conjunta da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) e o Sindicatos dos Policiais Rodoviários Federais (SinPRF de todo o Brasil, reafirmaram o compromisso da categoria com o Estado Democrático de Direito. As entidades classistas reafirmaram ainda o empenho dos policiais rodoviários federais, nas desobstruções das vias em todo país.

Na nota, as entidades condenam ainda, a postura do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (PL), por deixar de reconhecer o resultado das eleições, após perder as eleições para o presidente eleito, Luis Inácio Lula da Silva (PT). Isso, por ser um fator responsável por estimular seguidores a promover o bloqueio de estradas.

“A postura do atual presidente da República, Jair Bolsonaro, em manter o silêncio e não reconhecer o resultado das urnas acaba dificultando a pacificação do país, estimulando uma parte de seus seguidores a adotarem ações de bloqueios nas estradas brasileiras.”

Confira a nota na íntegra

NOTA PÚBLICA – A atuação dos PRFs no desbloqueio das rodovias federais

A Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) e os Sindicatos dos Policiais Rodoviários Federais de todo o Brasil reafirmam o compromisso com o Estado Democrático de Direito. O resultado das eleições de 2022 expressa a vontade da maioria da população e deve ser respeitado.

A postura do atual presidente da República, Jair Bolsonaro, em manter o silêncio e não reconhecer o resultado das urnas acaba dificultando a pacificação do país, estimulando uma parte de seus seguidores a adotarem ações de bloqueios nas estradas brasileiras.

Apesar disso, os PRFs seguem trabalhando diuturnamente para o restabelecimento do direito de ir e vir da população. Importa frisar que compete exclusivamente à gestão do Departamento de Polícia Rodoviária Federal providenciar e disponibilizar os meios e a organização do efetivo necessários para dar cumprimento à desobstrução das rodovias federais.

Nesse sentido, o sistema sindical dos PRFs segue cobrando uma postura firme da direção do DPRF, para prover os meios necessários para que a corporação cumpra suas funções constitucionais, garantindo assim o direito de ir e vir da população e resguardando a segurança e integridade dos policiais.

A Polícia Rodoviária Federal é um patrimônio da sociedade e seguirá firme na defesa da democracia, do respeito às leis e às decisões judiciais.

Brasília, 1º de novembro de 2022.

Bloqueios de rodovias

Em entrevista coletiva, na manhã desta terça-feira (1/Nov), a PRF informou que o país após a eleição de Lula, chegou a ter cerca de 400 pontos de obstruções das rodovias, na segunda-feira (31/Out).

Ainda de acordo com a PRF, esta terça-feira, iniciou com 271 ocorrências em estradas. Do total, 183 pontos de interdição e 88 bloqueios em rodovias de 22 estados e do Distrito Federal. A PRF aponta ainda que 192 manifestações foram desfeitas, que houveram detenções, além de aplicações de multas entre R$ 5 mil e R$ 17 mil.

[xyz-ihs snippet=”PD-NAS-REDES”]

 

VEJA TAMBÉM
- Advertisment -

RECENTES