Quarta-feira, Julho 10, 2024
InícioDestaquesIndique escritores do DF e Entorno para premiação Ler é Legal

Indique escritores do DF e Entorno para premiação Ler é Legal

O programa Ler é Legal objetiva dar visibilidade a escritores, profissionais ou amadores, do DF e do Entorno. Por isso, o projeto mantém um banco de escritores, profissionais e amadores. Todos os anos, um deles é escolhido para ser homenageado pelo Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT). Qualquer pessoa da comunidade pode indicar autores para o banco, a qualquer momento. Os escritores também podem inscrever suas próprias obras. Veja o edital

Basta preencher os formulários e a autorização constantes na ficha de critérios para indicar um escritor para o banco. O inscrito precisa ser nascido ou residente no DF ou entorno. Menores de 18 anos poderão ser inscritos mediante prévia autorização do seu representante legal. Também poderão ser indicados escritores falecidos.

Para participar da premiação, os textos literários devem ser conto, romance, fábula, poesia, cordel, crônica, novela, peça teatral, ensaio, lenda ou letra de música. A premiação contempla as categorias literatura infanto-juvenil e literatura em geral.

Homenagem

Os autores premiados receberão um troféu, um certificado e terão suas obras expostas no MPDFT.

De acordo com a programação, anualmente, em junho, a comissão indica escritores; em setembro, os homenageados são escolhidos; em outubro, os nomes são divulgados; e, em novembro, é realizada a premiação. O resultado é veiculado na página do projeto “Ler é Legal” em outubro. Confira aqui o edital. 

O prêmio é uma iniciativa do projeto “Ler é Legal”, criado no MPDFT em 2016, com o objetivo de estimular a prática, dentro da instituição, com a doação e sugestão de livros, e também por meio da aplicação da leitura como pena alternativa.

VEJA TAMBÉM
- Advertisment -

RECENTES