Sábado, Julho 13, 2024
InícioDestaquesNovas 26 motos do SAMU modernizam atendimentos de primeiros-socorros

Novas 26 motos do SAMU modernizam atendimentos de primeiros-socorros

Com um investimento de R$ 2,3 milhões, a partir de 2 de novembro, começam a circular as 26 novas motos (motolâncias) do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Antes disso, os servidores passarão por um treinamento de adaptação aos veículos recém-adquiridos, agora assegurados. Objetivo é modernizar os equipamentos para, assim, conseguir prestar assistência cada vez mais rápida e de qualidade à população.

Os serviços da motolância desempenham papel fundamental nos primeiros-socorros à vítima, uma vez que são capazes de transpor obstáculos e realizar um deslocamento mais ágil no trânsito. As novas motos têm tecnologia avançada e dão maior segurança nos deslocamentos, diminuindo o tempo de resposta da chegada da equipe na ocorrência.

As novas motos têm tecnologia avançada e dão maior segurança nos deslocamentos, diminuindo o tempo de resposta da chegada da equipe na ocorrência | Foto: Tony Winston/Agência Saúde-DF

Cada veículo está equipado com os materiais necessários para fazer o atendimento pré-hospitalar, tanto às vítimas de acidentes quanto de problemas clínicos, desde risco moderado até demandas graves, como paradas cardíacas. Elas são utilizadas ainda em ocorrências severas, abrindo caminho no trânsito às ambulâncias até os hospitais de destino.

Outra possibilidade é quando integram de forma rápida os atendimentos já em curso, complementando a equipe presente no local. A assistência vai desde paradas cardiorrespiratórias a acidentes automobilísticos, passando por episódios de grande magnitude com múltiplas vítimas.

“A renovação de frota melhora a condição de trabalho dos servidores e proporciona mais segurança na hora do atendimento”Vanessa Rocha, diretora substituta do Samu

“Devido ao uso frequente do recurso móvel, o desgaste é precoce, mesmo com a manutenção preventiva. A renovação de frota, portanto, melhora a condição de trabalho dos servidores e proporciona mais segurança na hora do atendimento”, explica a diretora substituta do Samu, Vanessa Rocha.

Contratação do seguro

Por meio do Contrato nº 050102/2023, divulgado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta terça-feira (24), o Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Saúde (SES-DF), estabeleceu que a empresa Seguros Sura irá cobrir os novos veículos. O valor do documento, que terá duração inicial de um ano, é de R$ 25,9 mil.

O seguro prevê cobertura para colisão, roubo, furto, incêndio, vidros, retrovisores, assistência 24 horas com reboque, danos materiais e corporais a terceiros, indenização pessoal a ocupantes do veículo, indenização por morte acidental e invalidez permanente.

“Além do investimento na troca da frota, o seguro garante a tranquilidade no caso de acidentes ou de pane mecânica, sendo uma obrigatoriedade do Ministério da Saúde para o repasse de verba e a manutenção da habilitação do recurso”, complementa Rocha.

VEJA TAMBÉM
- Advertisment -

RECENTES