Quarta-feira, Julho 10, 2024
InícioDestaquesPopulação do Gama deve receber, em 2024, a maior policlínica do DF

População do Gama deve receber, em 2024, a maior policlínica do DF

Com investimento inicial de R$ 2,9 milhões para adequações de espaços e salas de atendimento, unidade deve oferecer atendimentos de acupuntura e outras práticas integrativas

Por Kleber Karpov

A população da Região Administrativa (RA) do Gama deve receber, em 2024, a Policlínica da Região Sul, que deve vir a ser a maior do Distrito Federal. A policlínica deve ser instalada no prédio em que funcionava o antigo Tribunal de Justiça, espaço esse, cedido pela Superintendência de Patrimônio da União (SPU), ao GDF.

A cessão de uso gratuito do edifício, formalizada em 28 de dezembro, foi possível em decorrência de articulação do deputado federal, Júlio César (Republicanos-DF), da ex-subsecretária de Gestão de Pessoas (SUGEP), Silene Almeida, da equipe da Região Sul de Saúde, que se reuniram com o superintendente da SPU, o ex-deputado federal, Roberto Policarpo Fagundes (PT-DF), em três meses antes, para pedir agilidade no processo de cessão de uso do espaço.

“A articulação presencial cumpre bem seu papel de sensibilizar todas as partes envolvidas. E, neste caso, levei as pessoas que cuidam da saúde na Região para explicar a necessidade urgente dessa cessão. Deu certo e agradecemos muito o Superintendente Policarpo e toda sua equipe. Temos certeza que o Governador Ibaneis entregará um equipamento de excelência ao povo do Gama, Santa Maria, Ponte Alta, DVO e todo entorno sul”, apontou Júlio César ao referenciar a união de profissionais de saúde e conselheiros de saúde para a realização desse pleito à população do Gama e cidades vizinhas.

Investimento

Para a transformação do espaço físico na nova Policlínica da Região Sul, há previsão de um investimento inicial estimado em R$ 2,9 milhões. Recursos esses necessários à adaptação de dezenas de salas e espaços físicos para alocar todos os serviços da atenção secundária – ambulatorial -, além de outros novos destinados aos atendimentos dos usuários do SUS.

Para a alegria dos moradores

Segundo informações do diretor de Atenção Secundária de Saúde da Região Sul de Saúde, Luiz Antonio Roriz Bueno, o objetivo da gestão é aproveitar a nova unidade para fortalecer a integração do serviço ambulatorial com a atenção primária e hospitalar, assegurando aos pacientes um atendimento multidisciplinar e continuado, até a alta do tratamento.

Logo, a expectativa é que no espaço sejam oferecidos, atendimentos a exemplo de acupuntura e outras práticas integrativas que foram suspensas, na Região Sul de Saúde, por falta de espaço físico.

Parceria com parlamentares

O superintendente da Região Sul, Willy Pereira da Silva Filho, reforça a importância da atuação dos parlamentares, para efetivação de melhorias planejadas no âmbito das saúde pública.

“Desde o início, o Dep Júlio Cesar tem sido o padrinho da saúde, aqui na Região Sul e, sempre tem nos estimulado a acolher saúde os parceiros que queiram contribuir para o desenvolvimento de nossos serviços e a melhoria dos equipamentos. Para essa reforma, já temos a alocação de R$ 300 mil, feita pelo Dep Distrital Eduardo Pedrosa e esperamos conseguir mais emendas da bancada Distrital e Federal para concluir e entregar a Policlínica o mais rápido possível para nossa população”, disse Filho.

Controle Social

Silene Almeida, por sua vez, destaca a importância do Controle Social nessa conquista “foram os conselheiros de saúde, formado por usuários, gestores e trabalhadores que iniciaram a saga por uma nova Policlínica! Buscaram apoio de ex Secretários de Saude, e encontraram na atual Chefe da pasta da Saúde, a coragem e determinação necessária para essa realização. Agora, é atuarmos juntos, população, classe política e governo pelo bem comum! Farei a minha parte nessa ação do bem e, se Deus quiser, 2024 será um ano mais saudável e de muita prosperidade para todos nós!”, disse.

VEJA TAMBÉM
- Advertisment -

RECENTES