Sábado, Julho 13, 2024
InícioSAÚDESemana Azul une arte e diálogo para informar sobre universo do autismo

Semana Azul une arte e diálogo para informar sobre universo do autismo

Por Jak Spies

A partir desta quarta-feira (21), começa a Semana Azul, convite à compreensão do universo do autismo por meio de diálogos com especialistas e programação cultural inclusiva, entre outras atividades. O evento é promovido com recursos do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) – aproximadamente R$ 80 mil – e contará com uma feira de serviços com as participações do Departamento de Trânsito (Detran-DF) e da Secretaria Especial da Pessoa com Deficiência (SEPCD).

A programação de diálogos será híbrida com bate-papos pelo YouTube e atividades presenciais no Espaço Cultural Renato Russo. A parte presencial engloba visitas mediadas com educadores, contação de histórias, sessão de cinema, lançamentos de livros e apresentação musical.

No filme canadense ‘A Irmã de Margot’, menina quer entender o mundo da irmã autista | Fotos: Divulgação

Para Jaqueline Dias, uma das idealizadoras do evento, o objetivo é utilizar a arte e os diálogos para promover a inclusão de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA). “Somente com a informação é possível entender melhor e, a partir da compreensão, acontecer de fato a inclusão”, afirmou.

Durante a Semana Azul, o tema será trabalhado com profissionais da arte inclusiva. O evento é aberto para o público em geral e também contará com filmes adaptados para pessoas com autismo.

Mães atípicas

O brasileiro ‘Napo’ é dirigido por Gustavo Ribeiro

Cíntia Rogner, correalizadora do projeto e mãe atípica, teve o filho diagnosticado com autismo aos 3 anos de idade. Ela fala da importância da informação como um agente transformador.

“Graças a Deus as pessoas conhecem um pouco mais, mas ainda não conhecem a fundo. Um filho já é um desafio para qualquer mãe; um filho atípico,ainda mais. É pensar, além das necessidades específicas, no acesso, na inclusão e no espaço dele”, declara a mãe.

Cíntia reforça que o projeto foi feito para dialogar e conscientizar as pessoas a respeito do transtorno, visto que mesmo com amparo por lei ainda há dificuldades no acesso.

“Temos algumas conquistas, mas é uma luta diária. O mundo precisa incluir, com leis efetivas e educadores sociais que compreendam as necessidades específicas da pessoa autista”, destacou a mãe.

Segundo Jaqueline, a Secretaria de Cultura tem valorizado a inclusão social, dando abertura a esse tipo de transformação social e cultural. “Será uma semana em que a gente poderá conversar sobre isso com pessoas típicas e não típicas de uma forma gostosa, com música, teatro e galerias”, observou.

Quem não estiver na cidade poderá acompanhar algumas das atrações pelo canal do YouTube. Confira abaixo o cronograma com os bate-papos, espaço sensorial, lançamento de livros, cinema e programação cultural inclusiva gratuita.

Programação

Palestras pelo canal do YouTube, às 20h

→ Quarta (21): Educando um Autista, com Mara Rubia, e Habilidades Artísticas em Autista, com Viviani Guimarães
→ Quinta (22/): Viver Autismo, com Andrea Werner
→ Sexta (23) Mapa Autismo Brasil, com Ana Steinkopf
→ Sábado (24): Autismo na Visão de um Autista, com Marcos Petry

‌Atividades presenciais
→ Sábado (24) e domingo (25))
Das 14h30 às 15h30: Contação de história musicada com equipes do Detran-DF
Local: Sala Marco Antônio Guimarães (Espaço Cultural Renato Russo)

→ Sábado
‌Das 14h às 17h
Sessão de autógrafos do livro Autismo – Com um novo olhar é possível amar, de Aline Capos
Local: Hall do Espaço Cultural Renato Russo.

Livro ‘Autismo com um novo olhar é possível amar’ terá sessão de autógrafos

Dia 25/6
‌Das 14h às 17h
Sessão de autógrafos do livro Nem Te Conto – Espectro de Contos
Local: Hall do Espaço Cultural Renato Russo

Dias 24/6 e 25/6
Das 14h às 17h: Visita à exposição de Robson Graia com mediação de arte-educadores, teatralização e musicalização
Local: Galeria Parangolé

‌Dias 24/6 e 25/6
Das 14h às 16h: Circuito Sensório-Motor com Heitor Gavino
Inscrições antecipadas e limitas pelo link da bio @semanaazul
Local: Sala Multiuso

Curtas e apresentações

24/6

Cena de ‘O garoto na floresta’, de Fabiano Pandolfi

16h – Filmes: NapoO garoto na floresta
Local: Sala Marco Antônio Guimarães

‌Napo, de Gustavo Ribeiro (Brasil, 2020, 16 minutos): João, incapaz de compreender a doença que move o avô entre o passado e o presente, tropeça num velho álbum cheio de fotografias e deixa-se guiar pela imaginação, transformando as memórias do avô em interpretações de desenhos que moldam sua relação em uma história de lembrança e construção de memória.

O garoto na floresta, de Fabiano Pandolfi (The boy in the wood, Brasil, 2020, 11 minutos): As aventuras de um menino, e a jornada do seu pai.

18h – Uma sinfonia diferente
Local: Sala Marco Antônio Guimarães

Uma sinfonia diferente – Primeiro musical brasileiro protagonizado por pessoas com autismo com a fundadora e diretora do Instituto Steinkopf, Ana Carolina Steinkopf.

25/6

‌16h: Mostra de Curtas de Animações com Ulisses de Freitas para as famílias em um ambiente adaptado para as necessidades dos autistas.

Filmes: SolAndorinhaVento de invernoUm dia muito brancoMeias para a estrelaSeja amigo do vento
Local: Sala Marco Antônio Guimarães

‌Sol, de Jakub Brokl (Sun, República Tcheca, 2021, 7 minutos): Um garotinho vive em um planeta sem luz solar. Apesar disso, ele decide encontrar o Sol com seu cachorrinho. Juntos, viajam até o pico da grande montanha, onde deveria estar o Sol, mas há apenas uma surpresa desagradável.

Andorinha, de Clara Braem (Brasil, 2020, 5 minutos): Na ilha de Itaparica, a pequena Iara passa todos os dias jogando migalhas para as andorinhas na praia. Até que em um dia claro, algo imprevisto acontece.

Vento de inverno, de Jeremy Andriambolisoa, Théo Duhautois, Quentin Wittevrongel, Alicia Massez, William Ghyselen, Thomas Dell’Isola (Vent d’hiver, França, 2021, 4 minutos): Apanhados por uma forte tempestade de neve, os coelhos buscam refúgio no castelo de seu rei.

Um dia muito branco, de Vasily Chirkov (A White-white day, Russia, Canada, França, 2022, 6 minutos): E a casa, o jardim, a velha bacia enferrujada e o vento – tudo tem seu próprio segredo e sua própria alma. É assim que as crianças podem se sentir.

Meias para a estrela, de Olga Titova (Socks for the star, Russia, 2023, 10 minutos): Dançar no espaço frio é perigoso, mas uma grande amizade irá mantê-lo forte.

Seja amigo do vento, de Aneta Paulíny (Befriend the wind, República Tcheca, 2021, 3 minutos): Às vezes, o que consideramos nosso inimigo, pode se tornar o meio para algo muito melhor.

25/6

17h: Curtas sobre autismo seguido de bate papo com o público sobre o tema com o curador Ulisses de Freitas e convidados.

Filmes: Uma Viagem Com Meu PaiA Irmã De Margot
Local: Sala Marco Antônio Guimarães

Uma viagem com meu pai, de Mor Israeli (A journey with my dad, Israel, 2022, 10 minutos): Pela primeira vez, Tamar (5 anos), acompanha o pai de férias em um hotel, mas a criança acabará descobrindo a história oculta de seu pai, uma parte de sua vida que ela não conhece.

A irmã de Margot, de Christine Doyon (Canadá, 2022, 17 minutos): Margot deve aprender a conciliar dois mundos quando sua irmã deficiente começa a frequentar a creche em sua escola.

*Serviço
A programação completa você encontra no site ou na página do Instagram da Semana Azul.

VEJA TAMBÉM
- Advertisment -

RECENTES