Terça-feira, Maio 7, 2024
InícioSAÚDEApoio à reeleição: Ibaneis é elogiado por segmento da saúde, por atuação...

Apoio à reeleição: Ibaneis é elogiado por segmento da saúde, por atuação durante pandemia

Governador se reuniu com profissionais de hospitais, clínicas e farmácias para definir caminhada conjunta nas eleições de outubro

Por Josiel Ferreira

Setores da saúde fecharam apoio à reeleição do governador Ibaneis Rocha (MDB) nesta sexta-feira (26). Agora, a caminhada nas eleições de outubro passa a contar com a força do Sindicato Brasiliense de Hospitais, Casas de Saúde e Clínicas (SBH) e do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Distrito Federal (Sincofarma DF). Ambos elogiaram a atuação de Ibaneis na área da saúde e o trabalho do governo local no combate à pandemia.

Em seu discurso, Ibaneis disse que a rede privada foi essencial no combate à covid-19 em atuação conjunta com a rede pública. “Vocês foram muito importantes para nós em várias reuniões, chamei os representantes dos hospitais com a necessidade da ampliação de leitos, com todas as dificuldades que passamos, mas conseguimos vencer. Hoje estamos completando 15 dias sem nenhum falecimento por covid-19 no DF, isso é uma alegria para nós. Recebemos o governo com muitas dívidas com o setor médico e procuramos equalizá-las. É uma alegria estar reunido com vocês e precisamos desse apoio”, destacou.

O governador também lembrou que o DF não parou, mesmo diante dos desafios impostos pela pandemia. “Temos obras em tudo quanto é lugar. A cidade está vencendo nessa questão da infraestrutura, o que é importante para trazer conforto às famílias. E, na área social, conseguimos vencer vários obstáculos. Nos próximos quatro anos, sem os dois anos e meio de pandemia, vamos poder avançar bastante”, complementou.

Presidente do Sindicato Brasiliense de Hospitais, Casas de Saúde e Clínicas (SBH) do DF, Danielle Feitosa agradeceu o trabalho do governador Ibaneis Rocha e reforçou o apoio à sua reeleição.

“Nós representamos 106 mil empregados diretos do setor de saúde, mais de quatro mil empresas, e nada mais justo do que promover esses encontros. O governador nos apoiou nas demandas nesses últimos anos e tivemos uma pandemia onde lutamos e consolidamos essa parceria. Firmes de que estaremos mais quatro anos juntos. O setor de saúde quer continuar apoiando o governo nas demandas e contar com o apoio de vocês”, garantiu.

Apoio que também veio nas palavras do presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Distrito Federal (Sincofarma), Erivan de Souza Araújo. “Estamos dispostos a começar uma nova etapa para vencer os desafios pela frente e sem medo nenhum. Nosso segmento está preparado para contribuir com esse governo, que certamente estará mais quatro anos presente nas nossas cidades”, afirmou.

Trabalho pela saúde

 Na pandemia, a gestão Ibaneis Rocha investiu R$ 3 bilhões, seja com leitos, hospitais de campanha, contratação de pessoal e implantação de programas sociais e auxílios. Também tirou do papel o plano de saúde do servidor público local.

E o trabalho não para. Recentemente, o governador Ibaneis Rocha autorizou o edital para contratação de serviços da rede privada para complementar a oferta de cirurgias eletivas na rede pública do DF. O comunicado para mais de 3,2 mil procedimentos está aberto até 9 de setembro.

Vale destacar que o governo tem trabalhado para reduzir a fila das cirurgias. Um destaque é a operação de catarata. Estão sendo feitas 50 por semana, sendo 40 no Hospital Regional de Taguatinga e dez no Hospital Regional da Asa Norte. A fila está praticamente zerada, com menos de 80 pessoas aguardando atualmente.

Em outra frente, o governador apoiou as drogas e farmácias ao sancionar, em agosto de 2021, a lei que estabelece o recebimento em formato digital de receitas médicas pelas farmácias e drogarias no DF.

Parceria com a iniciativa privada

Parcerias com a iniciativa privada também foram feitas. As redes hospitalares D’Or São Luiz e Dasa Ímpar doaram, cada uma, R$ 2 milhões para a construção de uma unidade acoplada ao Hospital Regional de Samambaia (HRSam), inaugurado em maio de 2021. O Hospital Regional de Ceilândia também ganhou uma unidade modular doada pela JBS, inaugurada em julho de 2020.

A união com o setor privado rendeu outra boa ação. Em outubro de 2020, o Setor Hospitalar Sul foi entregue totalmente reformado pela iniciativa privada por meio do programa Adote uma Praça. O local ganhou calçadas, acessibilidade, realocação dos quiosques, iluminação em LED e outras benfeitorias. O investimento foi de R$ 6 milhões.

VEJA TAMBÉM
- Advertisment -

RECENTES